Viagens

PARIS

24 de junho de 2016
DCIM100GOPRO

Finalmente após 17 dias de viagem, chegamos em Paris, a cidade luz!!! 

Domingo dia 12, saímos com o voo das 9h50 de Roma chegando em Paris as 11h55.  Como eu já conheci da primeira vez que fui um “receptivo em Paris”, que é uma pessoa que vai te levar onde você quiser além de sugerir programas bacanas, já por email contratei para ir nos buscar no aeroporto e levar-nos ao hotel, e o bom disto que ele é brasileiro, já vai te dando dicas e mostrando várias coisas pelo caminho e no carro ( no nosso caso uma van) tem wi fi, muito top né??? 

Alex Ayub, contatos:

https://www.facebook.com/dasilva.alex?ref=ts&fref=ts

https://www.instagram.com/ayub75/

alex.reservasparis@hotmail.fr,

http://www.reservasparis.com.br/

Ele é muito, muito gente boa.

Ficamos no hotel Hotel Saint Andrè des Arts, um hotel bem simples, mas super bem localizado em Saint Germain ( pra mim um dos melhores bairros para se ficar) . Um hotel  “rústico”, mas charmoso, sem luxo algum. Eles tem café da manhã incluso ( coisa rara estar incluso em Paris), é simples, mas ajuda muito agilizar os passeios.

Estes pães franceses são deliciosos, precisa mais que isto? Este é o café da manhã, charmosos e gostoso.

Já é a segunda vez que fico nele, acho um excelente custo benefício.

Acomodados,  fomos almoçar  em um restaurante vizinho, bem gostosinho o lugar e a comida, chama-se Vins et Terroirs.

De lá caminhamos até o Jardin du Luxembourg, a origem do Luxembourg data dos anos 1600. Mas foi o Barão Haussmann que deu ao jardim o traçado que ele possui hoje. Ele fica  entre o boulevard Saint Michel, a rua Vaugirard e a rua Notre Dame des Champs. Luxembourg representa 22 hectares de canteiros floridos, árvores, lagos, espaços lúdicos para as crianças, praça de esportes para adultos. É simplesmente maravilhoso!!

Fontaine Medicis, um dos elementos decorativos mais bonitos do jardim.

Antes de chegarmos lá passamos pela Igreja de São Sulpício (em francês Église Saint-Sulpice), localiza-se na praça de São Sulpício. Edifício histórico, constitui-se na segunda igreja mais alta da cidade. Consagrada a São Sulpício, o “Piedoso”, abriga em seu interior um sistema de determinação astronômica dos equinócios desenhado por Henry Sully, e que ficou conhecido pela menção na obra “O código da Vinci”, de Dan Brown.

Église Saint-Sulpice

Nossa caminhada passou pelo Panthéon ( em francês) ou Panteão, é um monumento clássico , em estilo neoclássico, que fica no Quartier Latin.

As obras foram iniciadas em 1764, encomendadas pelo monarca Luís XV, e concluídas em 1790. O edifício foi laicizado pelos movimentos revolucionários burgueses, transformando-o em Panteão nacional. Hoje, na cripta, 70 célebres personagens da história francesa repousam – tais como escritores, cientistas, generais e políticos –, motivo pelo qual o frontão contém, inscrito, o interessante brocardo “Aux grands hommes, la patrie reconnaissante” (“Aos grandes homens, a pátria é grata”), junto ao interessante baixo-relevo, de David d’Angers, alusivo à homenagem da pátria francesa a seus imponentes heróis.

 

Bem pertinho esta a famosa e super bem conceituada Universidade de Sorbonne.

Depois caminhamos até a rue Mouffetard, uma das mais antigas da cidade, sua origem data da Idade Média e ela é um dos últimos resquícios dessa época.

Aproveitamos para tomar um sorvete, que além de gostoso é muito bonito.

Assim chegamos a  Catedral de Notre-Dame de Paris (em francês: Cathédrale Notre-Dame de Paris) é uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico.  Iniciada sua construção no ano de 1163, é dedicada a Maria (daí o nome Notre-Dame – Nossa Senhora), situa-se na praça Paris, na pequena ilha Île de la Cité , rodeada pelas águas do Rio Sena.

 

Depois de toda esta caminhada, voltamos ao hotel para descansar, porque no dia seguinte, mais coisas para conhecer, mas fica para o próximo.

Beijinhos 

Você também pode gostar

2 Comentários

  • Responder PARIS, ARCO DO TRIUNFO, CHAMPS ELYSÉES, VERSAILLES, TORRE EIFFEL ... - Blog Por VC 1 de julho de 2016 de 14:40

    […] cedo, tomamos aquele café da manhã que eu mostrei no post passado ( se quiser ver clique AQUI ) , pegamos o metrô e descemos na estação do Arco do […]

  • Responder Ainda Paris... - Blog Por VC 12 de agosto de 2016 de 13:17

    […] dormir porque cedo já havíamos combinado com o Alex , (lembram que eu falei dele no post AQUI) de passar nos pegar para levar-nos a estação de trem Gare du Nord, onde iríamos pegar o trem […]

  • Faça um comentário